Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

08/03/2012
Perda de dinamismo da indústria em 2011, é sinal de alerta diz IPEA

O mercado de trabalho em 2011 teve um desempenho bom, atingindo no mês de dezembro o menor índice de desemprego desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): 4,7%. Apesar disso, a queda do emprego industrial no segundo semestre do ano passado é um fator preocupante para o mercado de trabalho em 2012.

A análise está no “Boletim de Mercado de Trabalho do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)”, divulgado nesta quinta-feira (1º) no Rio de Janeiro. “A maioria dos indicadores aponta bons resultados em 2011, como a informalidade e o desemprego caindo e a renda subindo. Mas tem alguns indicadores cuja evolução causam certa preocupação, principalmente no final de 2011, como a estagnação do crescimento da população ocupada nos últimos trimestres e a perda do dinamismo no emprego industrial”, disse o pesquisador do Ipea Carlos Henrique Corseuil.

Segundo ele, esses fatos levam a “uma posição cautelosa” em relação ao prognóstico para os próximos meses, em virtude do cenário europeu. “A gente não sabe como isso vai rebater aqui no mercado de trabalho brasileiro. Por enquanto, pelos números de janeiro não é nada que nos preocupe muito. Mas, acho que a gente tem que esperar um pouco mais para realmente ter certeza de que a gente vai passar ileso”.

De acordo com o pesquisador, o desempenho do mercado de trabalho na indústria é reflexo da desaceleração da produção industrial. “Os indicadores de atividade industrial refletem uma perda de dinamismo até com maior intensidade do que o que a gente percebe no mercado de trabalho”, destacou Corseuil.

Pacto

Para o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Wagner Gomes, a informação do Ipea é importante, mas infelizmente não representa nenhuma novidade. “Estamos já há algum tempo alertando para esse cenário no país”, diz.

O dirigente destaca que, por conta de números como os apresentados pelo Ipea é que a CTB está ao lado de outras centrais sindicais e de parte do empresariado na luta por mudanças em prol do fortalecimento da indústria nacional.

“Iremos às ruas em todo o Brasil durante todo este primeiro semestre para que essa realidade seja conhecida por toda a população. O Ipea é um órgão do governo, que certamente informa a presidenta Dilma e seus ministros sobre o que está acontecendo. Não podemos assistir ao enfraquecimento de nossa indústria de braços cruzados”, afirmou Wagner Gomes, se referindo à estratégia definida por sindicalistas e empresários na última segunda-feira (27).

Com informações da Agência Brasil







Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 1044039 Total de Visitas