Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

19/05/2011
Congresso recebe 100 mil assinaturas para a penalização da homofobia



Grupos organizados de homossexuais entregaram, na última terça-feira (17), no Congresso Nacional um documento com 100 mil assinaturas de apoio a um projeto de lei já em trâmite que considera como crime todos os tipos de discriminação sexual.
"Somos a favor da liberdade de expressão, mas não quando é usada para incitar a violência" contra outras pessoas, declarou Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais (ABGLT), que promoveu a obtenção de assinaturas.
O documento foi recebido por Marta Suplicy, vice-presidente do Senado e uma das mais fervorosas defensoras dos direitos dos homossexuais no Congresso.
A entrega das assinaturas coincidiu com o Dia Internacional contra a Homofobia, que homossexuais de todo o mundo promovem no dia 17 de maio, pois nesta data, em 1989, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu que a homossexualidade não é um transtorno ou uma doença mental.
Além disso, o ato aconteceu dez dias após o Supremo Tribunal Federal aprovar a legalização do casamento gay. Segundo a decisão, casais de pessoas do mesmo sexo serão reconhecidos como entidades familiares, e terão os mesmos direitos das uniões heterossexuais, tanto civis como econômicos.
O deputado Jean Wyllys, membro da Frente Parlamentar Mista para a Comunidade LGBT, declarou que depois da decisão do Supremo, os homossexuais brasileiros trabalham agora a favor da penalização da homofobia e da legalização do casamento gay.
Wyllys recebeu apoio nesta terça da deputada Manuela D´Ávila, que preside a Comissão de Direitos Humanos da Câmara e afirmou que "cada igreja pode fazer seus casamentos religiosos segundo suas regras, mas os direitos dos cidadãos devem ser os mesmos perante a lei".
No Paraguai, membros da organização "SomosGay" protestaram hoje perante a sede do Congresso como parte de uma maratona convocada celebrar a data internacional, o que gerou a rejeição de alguns setores. Com esta iniciativa, os integrantes do grupo buscam "defender e reafirmar a igualdade de direitos", assim como fomentar a "luta contra a homofobia". (Fonte: Agência Brasil)







Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 1241667 Total de Visitas