Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

01/12/2009
DF: DEM abre processo disciplinar que pode levar à expulsão de Arruda

O Democratas decidiu, nesta terça-feira (1º), abrir processo interno que pode levar à expulsão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, envolvido em escândalo de corrupção.

Pela determinação da executiva nacional, o procedimento levará dez dias. Arruda terá oito dias para sua defesa e um relator do partido produzirá um texto em dois dias.

Questionado sobre o efeito do prazo de dez dias para a legenda, o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), admitiu que "o desgaste já está dado, não adianta o partido negar".

O relator será o deputado José Carlos Machado (SE).

"A análise é que é um momento muito difícil para o governador", disse Maia. "É uma coisa muito ruim, de difícil defesa".

Um integrante do partido presente à reunião da executiva disse que há poucas chances de Arruda permanecer no partido a partir do dia 10.

A tese da expulsão sumária foi defendida pelos líderes do partido no Congresso, deputado Ronaldo Caiado (GO) e senador José Agripino (RN), e também pelo senador Demóstenes Torres (GO). Neste caso, haveria direito a defesa em 60 dias.

"Infelizmente, nós não sabemos o que vem pela frente", disse Caiado.

Indagado se o escândalo não poderia atingir a aliança nacional com o PSDB, Maia ironizou. "Se crises como essa fossem impeditivos para alguma coisa, talvez o PSDB não teria candidato a presidente".

Nesta terça-feira, o PSDB determinou a entrega de cargos que ocupava no governo Arruda. A iniciativa tucana seguiu-se a decisões semelhantes de PPS, PDT, PSB e PV.

Na quarta-feira (2), o PT e mais cinco partidos, além de centrais sindicais, apresentam à Câmara Legislativa do Distrito Federal um pedido de impeachment do governador.

Arruda é acusado de participação em esquema de pagamento de propina a parlamentares aliados na Câmara Legislativa.

Foram exibidas imagens em que ele aparece recebendo dinheiro de seu então secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, autor das denúncias que envolvem ainda o vice-governador Paulo Octávio (DEM), entre outros.

O esquema é alvo da Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal. Arruda nega irregularidades no recebimento do dinheiro.

DEM e PSDB esvaziados
Talvez a único palanque da oposição da campanha presidencial de 2010 fosse o discurso da ética, contra a corrupção, ainda que falso e meramente retórico. Agora esse palanque ou discurso se esvazia de vez.

Com a crise tucana no governo do Rio Grande do Sul, cuja titular do cargo Yeda Crusius (PSDB) enfrenta graves denúncias de corrupção e malversação de dinheiro público por parte de assessores diretos já seria difícil concatenar o discurso ético contra o Governo.

Agora, com a crise do DEM e aliados, que no plano nacional também fazem oposição sistemática ao Governo Lula - como é o caso do PPS - a oposição perdeu definitivamente essa que seria a única "arma" no debate sucessório.






Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 898606 Total de Visitas