Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

11/10/2012
Desemprego no Amazonas leva os trabalhadores a sacar quase meio bilhão do FGTS

Conforme dados oficiais apontam para uma arrecadação recorde no período de janeiro a agosto deste ano, além de um incremento de 58,6% nos últimos três anos

Henrique Saunier

De janeiro a agosto de 2012, o trabalhador do Amazonas sacou 62,6% do montante arrecadado pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). No período, R$ 784,7 milhões entraram nos cofres do fundo, ao passo que R$ 491,9 milhões foram retirados pelos mais diversos motivos, sendo o principal a dispensa de funcionários sem justa causa.

De acordo com os números do conselho curador do FGTS, a coleta de 8% no salário de cada trabalhador no Amazonas rendeu 14,25% a mais até agosto de 2012, visto que, no ano passado, esse montante era de R$ 686,8 milhões. Os dados oficiais apontam para uma arrecadação recorde para o período, além de um incremento de 58,6% nos últimos três anos. No acumulado de janeiro a agosto de 2009, os depósitos do fundo somavam R$ 494,6 milhões.

Somente em agosto de 2012, a arrecadação do FGTS no Estado rendeu R$ 106,2 milhões. Em igual período do ano passado, esse total havia sido de R$ 91,2 milhões o equivalente a um crescimento de 16,35% no confronto dos meses. Agosto foi o mês que apresentou a maior receita proveniente do recurso.

Em relação aos saques realizados, de janeiro a agosto de 2012, foram efetuados 301,7 mil retiradas do fundo, o equivalente a R$ 491,9 milhões. No mesmo intervalo de 2011, o valor sacado de FGTS pela população do Amazonas havia sido de R$ 403,4 milhões, o que representa um aumento 21,93% na quantidade de casos onde o trabalhador precisou recorrer ao fundo.

Mais de R$ 358 milhões (igual a 72,77% das retiradas) foram sacados por causa de dispensa do emprego sem justa causa. Esses casos tiveram um aumento de 22,8% em relação ao acumulado de janeiro a agosto do ano passado, quando R$ 291,4 milhões foram tirados do fundo em decorrência das demissões. Só em agosto, foram realizados R$ 72,7 milhões em saques do fundo. Desse total, R$ 53,1 milhões foram de pessoas dispensadas de seus empregos sem justa causa.

Análise
Para o titular da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), Dermilson Chagas, os números são um retrato claro das demissões ocorridas no período, mas ele espera que o ano feche com um saldo positivo, mesmo que ainda seja inferior ao alcançado em anos anteriores. “O funcionário é o primeiro custo que se corta, pois é um peso grande. As demissões são inesperadas, então eles acabam ficando sem ter como planejar. Estamos chegando ao final do ano, as contratações estão acontecendo, mas não vão chegar iguais ao do ano passado”, disse Chagas.

Saques do FGTS para habitação chegaram a R$ 21 milhões
A aquisição de imóveis teve pouca participação no volume sacado do FGTS. Quem precisou retirar o benefício para pagar total ou parcialmente sua moradia representou uma demanda de R$ 21,1 milhões, com uma queda de 4,10% frente igual intervalo de 2011, quando pouco mais de R$ 22 milhões foram destinados à habitação.

Os financiamentos habitacionais com recursos do FGTS destinam-se às famílias com renda bruta mensal de até R$ 4,3 mil. O valor dessa renda poderá ser de até R$ 5,4 mil para imóveis situados em municípios integrantes de regiões metropolitanas ou equivalentes, municípios-sede de capitais estaduais, ou municípios com população igual ou superior a 250 mil habitantes.

O vice-presidente do Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), Francisco de Assis Mourão Júnior, declarou que o aumento nos depósitos do FGTS confirma a situação do Polo Industrial de Manaus (PIM) e que as medidas apresentadas pelo governo federal não estão surtindo efeito.
Para os trabalhadores, o economista dá ainda algumas dicas de como proceder no momento da demissão.

“O conselho que eu dou é para pegar o dinheiro (do FGTS) e aplicar na caderneta de poupança ou deixar em aplicações financeiras direto do banco. Se você tirar, vai acabar gastando. Esse dinheiro pode ser usado também para as dívidas de longo prazo ou aproveitar para se reciclar e voltar para o mercado de trabalho mais forte”, exemplificou.







Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 952967 Total de Visitas