Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

13/06/2012
Desenvolvimento sustentável deve envolver inclusão social, diz Dilma

Enquanto o governo entra na fase final de preparação da Rio+20, a presidente Dilma Rousseff reforçou, segunda-feira (11), o discurso que pretende levar à conferência das Nações Unidas sobre o desenvolvimento sustentável. A poucos dias do início do evento, Dilma destacou as ações do Executivo para fiscalizar, punir desmatadores e preservar o meio ambiente.
Além disso, ela argumentou que o desenvolvimento sustentável deve contemplar a inclusão social e a redução da pobreza. Lembrou que 40 milhões de brasileiros ascenderam à classe média e outros tantos deixaram a pobreza extrema nos últimos anos, e deu uma amostra do seu arsenal de estatísticas que coloca o Brasil entre os países que mais preservam o meio ambiente.

A coordenação dos preparativos para a Rio+20 é feita pela Casa Civil da Presidência da República. Segunda-feira, em uma reunião comandada pela ministra Gleisi Hoffmann, o governo repassou com representantes de outras áreas do governo as ações em andamento para que não haja imprevistos durante a conferência.

O Palácio do Planalto decidiu, por exemplo, que a Infraero e a Secretaria de Aviação Civil adotarão um esquema especial para assegurar que não ocorra um colapso nos aeroportos do Rio de Janeiro. O governo também decidiu atuar para forçar uma queda das tarifas cobradas pela rede hoteleira durante o evento.

O tom do discurso, porém, foi dado novamente pela própria presidente. Em seu programa semanal de rádio, Dilma lembrou que o país registrou o menor nível de desmatamento da história em 2011. "Temos oferecido alternativas de produção e renda para a população que vive em nossas florestas, para que esses trabalhadores possam produzir e garantir o seu sustento sem desmatar ou destruir o meio ambiente", comentou.

Ela citou o exemplo do Bolsa Verde, programa que está no âmbito do Brasil Sem Miséria e concede benefícios trimestrais de R$ 300 a famílias extremamente pobres que trabalham na coleta de frutos, extração de látex ou pesca artesanal na Amazônia. "A combinação de uma fiscalização forte com ações que permitem a exploração sustentável dos recursos naturais é o que ajuda a manter a floresta de pé", acrescentou.

Num recado aos países desenvolvidos, Dilma frisou que atualmente mais de 80% da Floresta Amazônica está preservada. "Isso não acontece em nenhuma parte do mundo. Por exemplo: na maioria dos países da Europa, em torno de 10% é o que resta das florestas nativas daquela região", afirmou.







Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 1042641 Total de Visitas