Newsletters

Email:

Categoria:

Assinar Remover

Notícias
PDF
Imprimir
E-mail

30/05/2012
Kroton faz nova compra em educação a distância

Após uma acirrada disputa com fundos de investimento e grupos americanos de ensino como Apollo, Laureate e Whitney, a mineira Kroton fechou a aquisição do grupo catarinense Uniasselvi por R$ 510 milhões. É a segunda transação no segmento de ensino a distância (EAD) efetuada pela Kroton em apenas cinco meses. Em dezembro, a companhia desembolsou R$ 1,3 bilhão pela Unopar, com sede em Londrina, que lidera esse mercado.

Com a aquisição, a Kroton torna-se o maior grupo de ensino superior em número de alunos e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) – ultrapassando a Anhanguera, que continua a maior do setor em receita líquida. A Kroton estima para este ano um Ebitda de R$ 350 milhões e a projeção da Anhanguera é de R$ 330 milhões. O grupo mineiro conta agora com 411,8 mil estudantes matriculados no ensino superior, e a Anhanguera tem 393,3 mil alunos inscritos em suas faculdades.

Um dos principais fatores que motivaram a Kroton a investir na nova aquisição foi a possibilidade de sinergias com a Unopar. A Uniasselvi tem um tamanho muito menor quando comparado à instituição paranaense, mas tem a seu favor um modelo pedagógico diferenciado. Em ambos os casos, os alunos são obrigados a ir uma vez por semana ao polo para assistir uma aula presencial. A diferença é que no caso da Uniasselvi há um professor por sala nessas aulas presenciais. Já na Unopar, o professor ministra a aula em um estúdio e a transmite por meio de satélite para os polos.

“O modelo da Uniasselvi assemelha-se a uma faculdade presencial, com polos maiores, algo em torno de 1,3 mil m2 contra 500 m2 da Unopar. Os alunos são mais envolvidos com o acompanhamento de um professor. Tanto é que a taxa de evasão é baixa”, explicou Rodrigo Galindo, presidente da Kroton.
“A ideia é implementar o método de ensino da Uniasselvi nos quase 400 polos da Unopar. Quando houver essa integração será possível aumentar em até três vezes o tamanho dos polos. Por isso, a Kroton estava tão interessada nessa aquisição”, explicou Ryon Braga, sócio da consultoria Hoper, que assessorou a Uniasselvi.

Desde 2009, o grupo mineiro mantém conversações com a instituição catarinense e neste começo de ano intensificou a negociação, concluída um dia antes da entrada em vigor da lei que estabelece que aquisições feitas por empresas com faturamento superior a R$ 400 milhões devem ter aval do Cade antes de ser realizadas. “Nesses primeiros cinco meses, as negociações foram intensas e nesse final consideramos, sim, a questão do Cade”, disse Galindo.

A expectativa é que a partir do próximo ano haverá uma sinergia de R$ 12,5 milhões por ano com a chegada do grupo catarinense. Das 48 unidades da Uniasselvi, haverá uma sobreposição em 26. “Os polos com sobreposição representam apenas 6% dos alunos da Unopar e têm um grande potencial de crescimento”, explicou Galindo.

Outro fator que atraiu o grupo mineiro foi a presença da Uniasselbi em grandes cidades. “São negócios complementares. A Unopar está mais presente no interior dos Estados e a Uniasselvi tem unidades em cidades maiores”, disse João Vianney, consultor da Hoper.

Fonte: Valor Econômico







Mais Informações

2ª via da carteirinha

Solicitação de 2ª via da carteirinha de sindicalizado. É necessário levar 1 foto 3x4 recente na sede do Sindicato.

Formulário de Solicitação clique aqui!

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira, das 9h às12h e das 14h às 18h.

Informações via email clique aqui!

Atualização de Dados

Para que você possa estar sempre informado e receber nossas notícias é necessário atualizar online os seus dados cadastrais sempre que houver alguma mudança.

Clique aqui para atualizar seus Dados!

Número de Visitantes

Prezado visitantes agradecemos seu acesso em nossa página! Seja bem-vindo(a) sempre que necessário.



Usuários online 1044069 Total de Visitas